sexta-feira, 1 de agosto de 2014

O problema do excesso de especialidade...



Tem uma piada que diz o seguinte: Certa vez um homem estava com uma terrível dor na bolsa escrotal. Procurou um urologista e relatou seu problema. Após exame, o médico disse. "- Você está com uma infecção grave no ovo esquerdo. Eu não sei tratar, mas conheço um colega que é especialista nesse problema." E deu o cartão do colega. Atormentado, o homem liga para o consultório do especialista e marca uma consulta de urgência. A secretária disse que o médico poderia atendê-lo naquele mesmo dia. Desesperado, o homem parte para para o consultório do médico. Chegando ao prédio ele confunde o andar e vai bater no escritório de um advogado. Ao abrir a porta o homem diz desesperado para o advogado: "- Dr. estou com uma baita dor no ovo esquerdo". O advogado, sem saber o que dizer, falou: "- Meu amigo eu aqui só faço Direito!" O homem desalentado desabafa: "- Vai ser especialista assim na PQP!!".

Essa piada reflete um problema sério que começou na medicina e agora aparece na odontologia. O excesso de especialidades. Acabou o clínico geral. Aliás, quem se intitula "Clínico Geral" é taxado de profissional que não gosta de estudar ou de que ficou "parado no tempo". Todo mundo quer ser especialista em alguma coisa. Até aí não tem nenhum problema, pois sendo especialista o profissional delimita para si um público alvo ou também pode ser especialista aquele profissional que gosta mais de determinado assunto ou parte do corpo humano. 

O problema real é que em alguns casos o "especialista" esquece do restante do corpo, no caso do médico ou da boca, no caso do dentista. Esquece-se que o corpo humano é uma unidade. Tudo está conectado. Para analisarmos com precisão uma patologia devemos analisar todo o comportamento do corpo, pois a solução nem sempre está onde a doença está se manifestando.

Ser especialista é muito bom, mas não podemos deixar de lado o todo. O conhecimento integral da fisiologia do corpo humano é fundamental para exercermos uma odontologia de qualidade.

0 comentários:

Postar um comentário

Agradeço pelo seu comentário! Ele será respondido assim que puder...