sexta-feira, 1 de agosto de 2014

Demanda Negativa - Você gosta de ir ao dentista?


Nesta semana foi a primeira aula da disciplina de Marketing que minha esposa, Jailma, assiste no seu curso de Administração Industrial do CEFET/RJ. Durante a aula um dos assuntos abordados foi "Demanda" e o professor perguntou: "-Quem gosta de ir ao dentista?". Jailma foi a única que levantou a mão. Todos riram quando o professor olhou para ela espantado. Em seguida ela justificou: "-Gosto de ir ao dentista para ter saúde bucal". Aí o professor retrucou que ela era uma exceção, pois a maioria das pessoas não gostava de ir ao dentista, o que caracteriza na linguagem de marketing de "Demanda negativa" e a aula continuou...
Ao chegar em casa ela me contou esse fato e ficamos a conversar sobre ele. Realmente, a maioria das pessoas só procuram o dentista na necessidade, o que é extremamente errado. Devido a anos de descaso das autoridades, não nos foi ensinado uma cultura de prevenção. Só procuramos atendimento médico quando estamos doentes. Só procuramos atendimento dentário quando estamos com dor ou com algum problema estético. É por essa razão que as UPAS e hospitais estão abarrotadas de pacientes esperando horas para serem atendidos, até mesmo em hospitais particulares. Tenho recebido clientes que gastam uma quantia significativa no seu tratamento, simplesmente porque não fizeram uma consulta de revisão. E ainda reclamam do custo!
Se houvesse uma cultura de prevenção tudo seria diferente: As pessoas seriam mais saudáveis, os hospitais atenderiam os pacientes com mais rapidez, os dentistas fariam menos procedimentos invasivos e o paciente gastaria menos tempo e dinheiro com tratamentos. Seria ótimo, não?
Portanto, conclamo aos meus leitores que transformemos tratamentos de saúde, sejam eles odontológicos ou médicos, em "Demanda positiva". Vamos nos tratar para continuarmos saudáveis e não para curarmos doenças!
E a melhor maneira disso é:
1. Fazermos um check up médico anual.
2. Procurarmos atendimento logo nos primeiros sintomas negativos.
3. Frequentarmos o dentista 2 vezes ao ano, mesmo aparentando não existir problemas dentários.
4. Desenvolver hábitos saudáveis.

Simples e prático! Assim começaremos a desenvolver uma demanda positiva em nossa saúde.
Compartilhe a hashtag #dentistademandapositiva nas redes sociais para criarmos uma cultura de preveção em odontologia!


0 comentários:

Postar um comentário

Agradeço pelo seu comentário! Ele será respondido assim que puder...