segunda-feira, 4 de agosto de 2014

A Artéria Facial me "pregou uma peça"...

Foi durante uma cirurgia de extração de siso incluso. Estava eu a remover um siso totalmente incluso, com a coroa fazendo um ângulo de 45 graus com a raiz do segundo molar. A cirurgia, apesar de ser trabalhosa, estava dentro da normalidade. Procurei fazer incisões conservadoras para acessar a região do siso. Após alguns minutos aparece a coroa do siso e começo a fazer uma osteotomia para deixar a coroa totalmente exposta. Em seguida faço uma odontosecção para remover o siso em dois tempos: Primeiramente a coroa e depois a raiz. Procedimento cirúrgico normal...
Removi a coroa e com o auxílio de alavancas removi as raízes. Duas horas e meia de cirurgia com sucesso absoluto! Preparo-me para realizar a sutura. Quando passo a agulha do fio de sutura pela mucosa jugal, um sangramento abundante surge diante de mim. Comecei a tamponar, mas o sangramento não parava. Pensei: "-A artéria alveolar inferior rompeu", pois o siso estava muito próximo dela. Tamponei o alvéolo com cimento cirúrgico e o sangramento continuava. Sem saber mais o que fazer chamo meu colega Heber para que ele me dê uma luz para elucidação do problema. Ele diz: "-Deve ser a artéria facial rompida". "-Mas como?" Pergunto eu. "-A artéria facial não passa por ali". Então ele disse: "-Pressione o bordo inferior do corpo da mandíbula, próximo ao ângulo da mandíbula pra gente ver o que acontece". Fiz a pressão e o sangramento diminuiu. Mantive o pressionamento, apliquei vários anestésicos locais na região e terminei com uma sutura em massa da região. Após 3 horas o sangramento cessou. O paciente perdeu cerca de 300ml de sangue.
Como o paciente tinha plano de saúde, solicitei uma ambulância para que o levasse a uma emergência bucomaxilofacial para uma segunda opinião dos procedimentos adotados e uma reposição de eletrólitos, visto que a perda de sangue foi grande.
O paciente estava lúcido e tranquilo quando foi levado de ambulância, já sendo administrado soro intravenoso pela equipe médica. Ao chegar no hospital o colega melhorou a sutura e trocou o antibiótico amoxilina para clavulin, o que concordei plenamente.
De quem foi a culpa? Não foi minha nem do paciente. Foi da alteração da rota da artéria facial. Observando a figura acima, verificamos que ela percorre o bordo inferior do corpo da mandíbula e sobe em direção a comissura labial e nariz a partir do primeiro premolar. Só que no caso do meu paciente a artéria facial resolveu subir na altura do segundo molar! Se fosse um cirurgião buco maxilo, a cirurgia teria terminado antes mesmo de começar pelo fato de que esses profissionais gostam de fazer extensas incisões para melhor visualizar a área a ser operada.
Foi uma lição e tanto que aprendi.
Apesar de tudo isso ter ocorrido, na semana seguinte removemos a sutura e duas semanas depois removemos o cimento cirúrgico. O paciente reclamava de dor, o que é natural numa situação dessa e foi medicado com analgésicos e antiinflamatórios.
Após três semanas estava completamente restabelecido e sem nenhuma sequela.
Agradeço ao amigo Dr. Heber Borges Coelho pela inestimável ajuda.
Cirurgia de extração de siso é assim mesmo, uma "caixinha de surpresas"...

6 comentários:

  1. Boa Tarde,
    Por acaso hoje ocorreu uma situacao confusa. Fui realizar uma cirurgia de exodontia dos elementos antero inferiores inclusos,e ao remover o incisivo lateral direito, ja luxado com alavanca, uma arteria esguichou bastante sangue. Nem cheguei a tirar o dente, simplesmente comprimi, suturei e o sangramento parou. fiquei na duvida qual arteria seria...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu meu nome é Flávia eu fiz um extração de um dente siso e dias depois a cirurgia foi assim normal ficou um buraco grande mas dias depois houve um sangramento começou a sangrar pelo nariz Depois que eu fui ao otorrino Ele me falou que era o rompimento da artéria esfenopalatina eu perdi muito sangue muito sangue mesmo foram três episódios de sangramento muito forte não conseguiu tanto na nem com tampão nasal e o sangue ficava alojado na face e eu tive que tomar sete bolsas de quem é a culpa do cirurgião ? o que eu acredito

      Excluir
    2. Eu meu nome é Flávia eu fiz um extração de um dente siso e dias depois a cirurgia foi assim normal ficou um buraco grande mas dias depois houve um sangramento começou a sangrar pelo nariz Depois que eu fui ao otorrino Ele me falou que era o rompimento da artéria esfenopalatina eu perdi muito sangue muito sangue mesmo foram três episódios de sangramento muito forte não conseguiu tanto na nem com tampão nasal e o sangue ficava alojado na face e eu tive que tomar sete bolsas de quem é a culpa do cirurgião ? o que eu acredito

      Excluir
    3. Interessante, pois nesta região não para nenhuma artéria importante.
      Provavelmente é uma artéria anômala...

      Excluir
    4. Com relação a postagem da Flay, na minha opinião não há relação com o siso, pois se situa bem posterior. Foi uma infeliz coincidência...

      Excluir
  2. Os medicos afirmam isso, Rogério Boelter, mas ficam minhas duvidas. o que resta é agrdeçer por esta viva.

    ResponderExcluir

Agradeço pelo seu comentário! Ele será respondido assim que puder...