quinta-feira, 29 de março de 2012

Nada como um incentivo para a dentadura sair...


Eventualmente faço atendimento dentário domiciliar. Anos atrás apostei nesta modalidade de atendimento, mas desisti simplesmente pelo fato de que nem o paciente, nem a família valorizam o trabalho do dentista que faz atendimento domiciliar. Desabafos a parte, vamos a história de hoje.
À tarde ligou uma senhora solicitando meus serviços em seu lar, para que tirasse a sua dentadura que estava presa havia uma semana na boca e, segundo ela, tinha feito todos os esforços pra tirar a bendita prótese, mas ela estava tão retida que o esforço foi inútil. 
Prontamente aceitei o desafio e disse que resolveria o problema. Disse que poderia ir no dia seguinte pela manhã e ela concordou. Então fez a fatídica pergunta: "-Quanto é sua visita?" Falei que minha consulta ficava em R$ 300,00. "-Tudo isso?", disse abismada com a "fortuna" que cobrei. Expliquei que teria que dedicar quase uma manhã toda para atendê-la, o material que iria levar, etc. Ela aceitou e ficou marcada a consulta.
Cerca de 4 horas depois ela me liga de volta cancelando a consulta e solta a pérola: "-Dr., o senhor não sabe da última: Consegui tirar minha dentadura! Fiz força, assoprei e ela soltou. O senhor não precisa mais vir aqui. Muito obrigado" Disse que tudo bem, mas penso que deveria cobrar pelo menos 50% da consulta, porque ao cobrar meus honorários a velha se sentiu obrigada a tirar aquela dentadura da boca, com todo o sofrimento que fosse. 
Ela preferiu esfolar o céu da boca do que me pagar.
Agora, será que devo cobrar pelo incentivo? hehehe


4 comentários:

  1. ..."ue deveria cobrar pelo menos 50% da consulta, porque ao cobrar meus honorários a velha se sentiu obrigada a tirar aquela dentadura da boca, com todo o sofrimento que fosse. "

    Eu inúmeras pessoas estão cada vez mais horrorizadas com a medicina praticada principalmente nas duas últimas décadas.

    Os médicos são mercadores de pílulas que causam mais riscos do que benefícios e não t~em nenhum apreço por seus pacientes.

    Recebem dinheiro de laboratório para receitar além de inúmeras outras atividades que prestam á indústria farmacêutica que é quem manda na medicina.

    Nos EUA a terceira causa de morte é iatrogenesis.

    Sem sequer tocar o paciente, em cinci minutos sai a receita.

    Na odontologia topamos com estas coisas que tem a coragem de publicar um texto deste e ainda ficar com raivinha da paciente chamando-a de "velha".

    Rogério Boelter, você não é mais nenhum jovem e deveria compreender que deixou uma paciente em uma situação em que poderia se machucar mais.

    No entanto você ri do problema?
    E ainda demonstra o seu caráter ao brincar em cobrar pelo susto que a "velha" levou.

    Com saúde, doutor, não se brinca,

    Esqueceu o juramento.

    Bem, médico ou odontologista com perfil em internet é fora de cogitação.

    Com blog? Eita mercatilismo!
    Não conseguiu trabalhar a domicílio. Sabe-se o motivo.

    ResponderExcluir
  2. Ana,
    Você é uma obtusa. Não percebeu que trata-se de uma história de humor odontológico?
    Este blog publica matérias científicas, orientações e "causos" que ocorrem no dia a dia da odontologia. No caso desta "velha" o que ocorreu realmente é que ela continuou com a prótese retida e deu a desculpa de que conseguiu remover. Sabe por que? Porque, assim como você, não valoriza o trabalho do profissional de saúde. Para seu conhecimento este blog já foi visto por quase 1 milhão de pessoas. Diariamente respondo inúmeros comentários explicando os mais variados assuntos e os mais variados problemas no âmbito da odontologia. E tudo isso de graça! Não recebo um centavo por isso. Belo "mercantilista" que sou...
    Se a "velha" tivesse pedido que fosse em sua casa fazer uma caridade, faria o tratamento de graça como já fiz várias vezes. Sabe o real motivo de não fazer mais atendimento domiciliar? Simplesmente a aposentadoria e pensão serve para complementar a renda familiar dos filhos e netos parasitas, que não deixam a pobre criatura usar seu próprio dinheiro em benefício próprio.
    Entendeu falastrona?

    ResponderExcluir
  3. Nossa, esse Rogério Boelter é mesmo um babacão. Para com esse mimimi de não ser valorizado, gordo escroto.

    Não sabe responder direito uma crítica? Mostra bem seu caráter duvidoso.

    ResponderExcluir

Agradeço pelo seu comentário! Ele será respondido assim que puder...