terça-feira, 10 de maio de 2011

Quando um cliente chega em meu consultório desejando realizar implantes, após o exame inicial sempre solicito uma tomografia da região receptora do implante dentário para uma melhor análise e planejamento do tipo de implante a ser utilizado.
Antigamente tínhamos à disposição somente radiografia panorâmica que fornecia uma informação parcial da região receptora.
Com a radiografia panorâmica podemos ver altura e largura, mas não vemos espessura do osso, o que é fundamental para determinarmos qual vai ser o diâmetro do implante a ser selecionado.
Além disso, as medidas de altura e largura fornecidas pela panorâmica não são totalmente precisas, quando comparadas as medidas feitas pela tomografia.
Alguns clientes reclamam do custo de uma tomografia. Atualmente, a tomografia mais moderna é a tipo Cone Beam e este tipo de tomografia barateou muito o custo deste tipo de exame. Isto deve-se ao fato de que enquanto uma tomografia convencional analisa toda a face, a Cone Beam analisa somente a região solicitada. O custo desta tomografia está em torno de R$ 200,00/400,00.
Um implantodontista comprometido com a qualidade do seu trabalho e com o bem estar do seu paciente, certamente solicitará um exame desses para realizar com total segurança o sonho de ter seus dentes novamente.

Um comentário:

  1. Agradeço sua postagem, me esclareceu sobre verdadeira importância deste exame. Sou paciente e estou me preparando para realizar um procedimento e estava com dúvidas.

    ResponderExcluir

Agradeço pelo seu comentário! Ele será respondido assim que puder...