quinta-feira, 3 de março de 2011

O Brasil só vai começar a funcionar depois do carnaval...

O carnaval está chegando, os clientes desmarcando consultas, pagamento de honorários adiados e a frase mais ouvida nestes dois primeiros meses do ano: "Dr., Depois do carnaval a gente começa o tratamento"...
Não sei porque a maioria dos brasileiros insistem nesta prática de adiar qualquer decisão para depois do carnaval. É como se os primeiros meses do ano não são adequados para se fazer algo produtivo.
E no consultório não é diferente. Se em condições normais de temperatura e pressão a pessoa evita ir ao dentista, ainda mais se tem um motivo de "alta relevância" que é o carnaval!
A determinação do dia de carnaval é feito da seguinte forma:
"Para se marcar os dias do carnaval, segue-se a seguinte regra: Primeiramente, determina-se o equinócio da PRIMAVERA, (ponto ou momento em que o sol corta o equador, tornando os dias iguais as noites. Ocorre em dois dias no ano: 21 e 22 de março “hemisfério norte” ou 22 ou 23 de setembro “hemisfério sul”). Vamos, portanto, considerar os dias 21 - 22 de março, já que as regras foram estabelecidas no hemisfério norte. Observa-se na folhinha a lua nova que antecede ao equinócio da primavera e procede-se à “lunação do cômputo” (espaço compreendido entre duas luas novas consecutivas e que consta de 29 dias, 12 horas, 40 minutos e 02 segundos)."

O que (a meu ver) é de uma inutilidade de doer...
É bem verdade que o carnaval é uma fonte de divisas para o setor turístico e de entretenimento, mas sacrificar os demais segmentos produtivos do país é inaceitável!
Como mudar a cabeça do povo é algo quase impossível, fica a minha sugestão: Porque não fazer o carnaval na primeira semana de janeiro? A gente emenda natal, ano novo e carnaval. Serão três semanas de festa. Aí depois o Brasil trabalha sem interrupções ao longo do ano. O que acham?

0 comentários:

Postar um comentário

Agradeço pelo seu comentário! Ele será respondido assim que puder...