quinta-feira, 20 de janeiro de 2011

Cliente pergunta:
"Tenho uma filha de 2a7m, e percebi que alguns dentes principalmente os da frente na parte superior havia algumas deformações tipo parecia que ia se esfarelando cada dia que passava aumentava ainda mais o buraquinho que havia se formado. Levei ao dentista e me foi dito que seria carie de mamadeira pois ela ainda mama no peito e mama muito a noite. Foi feito as restaurações, mas menos de 1 mês tudo aquilo caiu, demorei um pouco para leva-la novamente pois era fim de ano e não tinha dentista para atende-la e um dos dentes superiores da frente foi corroendo cada dia esta menor, corrigiu novamente mas me foi dito que aquele dente menor nada se poderia fazer pois cairia novamente e poderia acontecer de cair bem próximo a gengiva, ela ficou com um dente maior e outro menor, e o pior que os dentes do lado desses já quebraram a pontinha depois de 1 semana que os outros haviam sido restaurados.
Não acredito que seja por causa das mamadas noturnas pois minha outra filha desde os 4 meses mama madeira inclusive noturna e o pior leite com açúcar e chocolate e nunca teve caries."

Resposta do dentista:
"Olá!
No caso que você me conta, teria que examinar pessoalmente para ter maiores informações, pois as informações relevantes para o diagnóstico só vêm à tona quando "arrancadas" por uma boa anamnese... hehehe
Mas com o que escreveu no e-mail posso traçar algumas hipóteses diagnósticas:
  1. Cárie de mamadeira: É uma hipótese que não pode ser descartada. Blog do Tio Dentista escreveu um interessante post a respeito (leia em cárie de mamadeira).
  2. Outra hipótese é o bruxismo infantil. Apesar de ocorrer em crianças de maior idade, dependendo das condições psicológicas da criança o bruxismo pode se manifestar e destruir os dentes, mesmo nesta tenra idade. Nesta fase da vida da criança problemas entre os pais podem desancadear o bruxismo. É uma forma dela se manifestar "dizendo" que não concorda com aquela situação. Tem um artigo interessante sobre o assunto (leia em bruxismo infantil).

Se de fato a cárie de mamadeira for descartada, procure analisar sua situação familiar. Brigas entre familiares, preferências por filhos e assim por diante podem desencadear bruxismo infantil, mesmo numa criança da idade de sua filha. E se assim for, duas medidas devem ser tomadas. Uma é a construção de uma placa para proteção dos dentes da criança e a outra é a ajuda de um psicólogo para detectar o que está afligindo sua filhinha. Uma vez identificado e solucionado o problema o bruxismo desaparece.

Peço a gentileza de me enviar notícias dos resultados obtidos com esta orientação.
Bons sorrisos!"

0 comentários:

Postar um comentário

Agradeço pelo seu comentário! Ele será respondido assim que puder...