terça-feira, 25 de janeiro de 2011

O problema é falta de conservação dos resultados

Ruas esburacadas, dentes cariados. Esgoto a céu aberto, mau hálito. Casas desabando das encostas, próteses mal adaptadas se soltando durante a mastigação. O que estas coisas têm em comum? É a falta de conservação dos resultados! Hoje faz-se tudo rapidinho e da maneira mais barata. A ordem é "economizar".
O cliente vem ao consultório e quer um tratamento milagroso, que resolva seus problemas, seja de baixo custo e dure a vida toda.
Outros se submetem ao tratamento e quando termina, nunca mais voltam ao consultório.
Esquecem que deve haver conservação de resultados. Deve haver acompanhamento profissional. Deve haver revisão.
Ruas esburacadas, praças com jardins destruídos, casas caindo. Toda essa tragédia na região serrana poderia ser evitada se houvesse conservação dos resultados, se houvesse prevenção.
O brasileiro não está acostumado com prevenção, seja em que esfera for. Todavia, temos que acabar com esse comportamento errado. Quantos infartos, AVC's poderiam ser evitados com simples exames de rotina? Quantos dentes poderiam ficar sadios com simples medidas de higiene e alimentação adequada?
Como profissional de saúde vou insistir sempre na prevenção e conservação de resultados, pois tanto na saúde bucal como na sociedade muitas mazelas poderão ser evitadas...

0 comentários:

Postar um comentário

Agradeço pelo seu comentário! Ele será respondido assim que puder...