quinta-feira, 6 de janeiro de 2011

Acidentes bucais nas férias da criançada!

Hoje estava assistindo o programa "Hoje em Dia" da TV Record, quando este assunto foi tratado. Ao ouvir as orientações dadas fiquei abismado com as besteiras ditas. Apareceu um colega falando, mas creio que foi montagem e uma pessoa que não entende nada de trauma bucal editou a matéria com orientações descabidas.
Primeiramente falou que que após o trauma a pessoa deve fazer compressas com água morna. É justamente o contrário! Após o trauma a criança deve usar compressas geladas. Calor aumenta a vascularização e, por conseguinte, o sangramento. Gelado favorece a coagulação e dá mais conforto para  a criança.
Depois falou que o fragmento fraturado deveria ser colocado num recipiente com água filtrada ou soro fisiológico para ser levado ao dentista. Errado! água filtrada tem cloro e o cloro mata não só os germes, mas também as células do dente traumatizado. Soro? Quem tem soro fisiológico em casa? Quem leva soro fisiológico quando vai passear? O dente fraturado deve ser hidratado e tem duas formas práticas: Leite ou a própria saliva da criança. Se não for possível serve a própria saliva dos pais. Porcaria? Não! A flora bacteriana dos pais é a mesma da criança. Não tem recipiente para transportar o dente do seu filho? Coloque ele debaixo da sua língua!
São ações práticas que são decisivas para salvar um dente. Maiores detalhes veja no post "Como salvar um dente?"

0 comentários:

Postar um comentário

Agradeço pelo seu comentário! Ele será respondido assim que puder...