quinta-feira, 4 de novembro de 2010

Causos do Dr. Emanuel - A Aranha

Dr. Emanuel contou que um amigo dele dentista era muito relapso com a higiene do consultório, ou seja, era porquinho mesmo! O consultório estava sempre com a lixeirinha cheia de detritos, toalha incardida, torneira pingando e assim por diante. Também havia uma coleção de teias de aranha que se distribuia por todo o consultório, parecendo até o anel rodoviário de São Paulo.
Certa vez um paciente estava se submentendo a um tratamento de canal com este dentista. O paciente estava com isolamento absoluto na boca e não podia falar. Em determinado momento o paciente começa a gesticular tentando falar algo. O dentista pensa que era o dente doendo ou algo parecido e dá mais anestesia. O paciente continua a ficar inquieto e já meio apavorado. Em dado momento ele começa a gesticular e apontar em direção ao teto. Só aí que o dentista percebe que uma aranha fez ninho no foco (luz do equipamento) e estava ameaçando descer com uma teia em direção da boca do paciente.
Foi um auê danado porque o paciente era fóbico a aracnídeos...

0 comentários:

Postar um comentário

Agradeço pelo seu comentário! Ele será respondido assim que puder...