segunda-feira, 18 de outubro de 2010

Há quanto tempo você não leva seu filho ao dentista?

Sou clínico geral, mas estou desgostando de atender crianças. Isto deve-se ao fato da seguinte história se repetir a cada atendimento: Os pais não levam seus filhos ao dentista regularmente. A criança não recebe orientações de higiene bucal e não sabe como se alimentar corretamente. Desenvolve lesões de cárie ao ponto de cavitação e consequente dor no dente. É necessária uma pulpotomia, mas para isso temos que anestesiar. Então é aquele chororô, a criança esperneia na cadeira do dentista, não abre a boca, chora, faz pirraça e assim por diante. Os pais, na sua maioria dominados pelos filhos, ficam impotentes diante da recusa da criança em receber tratamento. Eu não insisto. Se a criança não quer e os pais não tem autoridade sobre ele, eu é que não vou ter. Dispenso a criança e peço aos pais que a convençam da necessidade do tratamento. É algo extremamente desconfortante para mim não atender uma criança com dor, mas isso poderia ser evitado se os pais adotassem o hábito de levar seus filhos ao dentista pelo menos 2 vezes ao ano para exame e receber as devidas orientações sobre cuidados bucais.
Medidas simples que proporcionam bem estar a criança. Pais, pensem nisso...

0 comentários:

Postar um comentário

Agradeço pelo seu comentário! Ele será respondido assim que puder...