segunda-feira, 27 de setembro de 2010

Lembranças da Faculdade 6 - O Professor Salles Cunha

O professor Marcos Salles Cunha, de saudosa memória, foi um dos expoentes da odontologia brasileira. Seguindo os passos do pai, o também professor Ernesto Salles Cunha, contribuiu com seu conhecimento ao crescimento da patologia bucal e da estomatologia. Tive o privilégio de ser seu aluno em patologia geral e de ser seu estagiário na clínica de odontologia no Hospital Carlos Chagas. Era homem de poucas palavras. Reservado e constantemente aparentando mau humor. Era uma maneira de impor sua autoridade. Não havia necessidade disso, mas era o jeito dele e pronto! Coisas de baixinho... hehehe
Contudo, aquele pequeno grande homem estava sempre ávido por aprender e ensinar. Era um pesquisador incansável, mas desestimulado com a falta de apoio a pesquisa que até hoje norteia os centros de pesquisa universitários.
Nosso convívio nunca foi muito próximo, mas foi significativo. Aprendi com ele a amar a odontologia e a saber que nunca o saber está finalizado em alguma área do conhecimento. Sempre há algo a se descobrir e aperfeiçoar.

2 comentários:

  1. Olá, voce sabe onde consigo informações sobre a vida pessoal de Salles Cunha? era casado? tinha filhos? por que veio para o Espirito Santo estudar os sambaquis daqui?
    Patricia - pdeps@uol.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não conheci o Salles Cunha pai, mas fui aluno do Salles Cunha filho. O pai era cientista e pesquisava vários assuntos, inclusive arqueologia. Na FOUFF têm alguns espécimes de suas pesquisas, mas acho que se perderam. Procure entrar em contato com o Dr. Talles do museu da ABORJ para mais informações...

      Excluir

Agradeço pelo seu comentário! Ele será respondido assim que puder...