domingo, 29 de agosto de 2010

Lembranças da Faculdade 3 - O Trote

Sou a favor do trote em quem está chegando na faculdade. É uma cerimônia de boas vindas e de integração com o restante dos acadêmicos. Sou a favor do trote sem violência e constrangimento. Entrei para a faculdade com 27 anos, era casado e segundo sargento do Exército. Bem grandinho para ser submetido ao trote, mas, mesmo assim, permiti que me dessem trote, pois queria curtir toda a faculdade e aquele evento fazia parte disso. Pegaram nossas bolsas, nos pintaram, Fizeram várias brincadeiras conosco e, por fim, fomos para os sinais de trânsito arrecadar dinheiro para a chopada. Fiz tudo isso de bom grado e levei na brincadeira. Arrecadamos o dinheiro e fomos liberados. Estrategicamente levei uma roupa de sobressalente e fui na casa de meu amigo Joel, de saudosa memória, para tomar um bom banho e me trocar. Na minha turma tinha um aluno chamado Sidnei, que tinha a mesma situação que a minha, ou seja, tinha cerca de 28 anos, era sargento e casado. Ele não admitiu receber trote e teve descabimento de ir para a faculdade armado para inibir qualquer tentativa. Todos reprovaram aquele comportamento babaca do Sidnei. Não havia necessidade daquela reação desproporcional. Fiquei com aquilo na memória esperando ver qual seria seu comportamento no período seguinte. Para minha surpresa ele queria dar trote nos calouros! Na frente de todos dei um esporro nele, dizendo que ele não tinha moral para dar trote em ninguém, já que não tinha deixado receber trote. Sidnei era meio esquisito, porém sensato e afastou-se do grupo e nunca mais participou do trote. Foi nesse trote que tive a primeira e única paixão platônica da faculdade. Ela se chamava Janaína. Uma morena linda, gostosa, charmosa e inteligente. Não sei se era correspondido, mas seus olhares envezados para mim deixavam suas suspeitas. Sempre nos olhávamos, cumprimentávamos de longe e nunca conversamos. Era casado na época, amava minha esposa e não queria um relacionamento extra-conjugal, mas aquela morena me balancou. E tudo aconteceu naquela semana de trote...

0 comentários:

Postar um comentário

Agradeço pelo seu comentário! Ele será respondido assim que puder...