quinta-feira, 29 de julho de 2010

É a última vez que vou falar sobre o tema laboratório de prótese dentária. Num post passado falei que o dentista é o cliente de um laboratório de prótese. Recebi alguns comentários idiotas, mas mantive o princípio de deixar a área de comentários livre para que todos possam expressar suas opiniões, mesmo que sejam contrárias às minhas. Como é do conhecimento de todos os dentistas atuantes vivemos dias difíceis. Um cliente fechou uma reabilitação com implantes com um empréstimo no INSS, que vai ser pago em 36 vezes. Essa é a realidade da maioria dos dentistas que trabalham com reabilitação e os protéticos acham que estamos "nadando em dinheiro". Quando pedimos para parcelar em três ou mais vezes a dívida dos trabalhos eles acham que é um absurdo!
Hoje tive um desentendimento com um laboratório que trabalho a algum tempo sobre essa questão de honorários. Então decidi o seguinte: Não esquento mais a cabeça. Simplesmente mudo de laboratório! E foi o que disse para ele. Vou pagar o que devo o mais rápido possível e os próximos trabalhos mando para outro laboratório que me dê melhores condições de pagamento.

3 comentários:

  1. nem todos os laboratorios são iguais nem todos os proteticos são iguais..referente ao pagamento..se vc chama um pedreiro na sua casa e ele te faz o serviço vc tem de pagar na hora certo ? conosco é igual..seja cheque dinheiro...com alguma coisa temos de sair; o trabalho é arduo,gasta-se com entrega retirada e novamente outra viagem p retirada do pagamento...o cliente não sai od seu consultorio sem pagar certo? então respeitando o trabalho alheio todos vão ser respeitados somos autonomos e pessoas temos contas e famila p sustentar como qualquer um...enfim...se tem dinheiro peça o trabalho se não tem não peça...cada um recebe por aquilo que paga..eu tenho de entregar trabalho na data e hora correta pq não receb er tb na hora correta ? pense nisso...o dentista nunca passou uma semana atras da bancada dando o duro que o protetico dá..se fizesse isso valorizaria mais a parceria com qualquer laboratorio seja de ponta ou de fundo de quintal o que eu acho uma expressão ridicula de se usar..gostaria de ser dentista de fundo de quintal? os impostos são caros mas protetico que se preza seja no de ponta ou no de fundo de quintal tb estuda tem gastos e não é facil começar nada sozinho...então vamos começar com o respeito ao proximo em primeiro lugar...e NUNCA SE ESQUEÇA DE QUE O PRÓTETICO GANHA UMA MIXARIA PERTO DO QUE VCS COBRAM DO CLIENTE SE NÓS DEPENDEMOS DE VCS VCS TB DEPENDEM DE NÓS..NENHUM LABORATORIO É CASAS BAHIA P FINANCIAR TRABALHO TODOS TEM SUAS REGRAS SE LESSEM TABELAS AVISOS QUE ENVIAMOS BILHETES MUITOS PROBLEMAS SERIAM EVITADOS..mas infelismente para muito somos tratados apenas como simples operarios...é muito facil o que fazemos...LAMENTAVEL !

    ResponderExcluir
  2. acredito que trabalhos financiados não são o mesmo preço de trabalhos a vista, que tal se vc parcelasse com o protetico e pagasse juros para ele,poi com certeza o paciente lhe paga juros, sera que vc repassa esses juros para o protestico, ja perguntou se o preço da do seu proteetico é a vista ou a prazo, converssando a gente se entende e não mandando o trabalho e depois o dentista decide a melhor forma de pagar e o protetico que se vire, é opção sua mandar ou não o trabalho e tembem é opção do protetico parcelar ou não

    ResponderExcluir
  3. Concordo plenamente!
    Dentista e protético têm que conversar a respeito dos pagamentos.
    Todavia, o que quero ressaltar que o dentista é o cliente do protético e isso não pode ser esquecido...

    ResponderExcluir

Agradeço pelo seu comentário! Ele será respondido assim que puder...