quinta-feira, 11 de fevereiro de 2010

Namorar clientes é legal?

Estou entrando num assunto polêmico e ético, pois envolve relacionamento íntimo entre profissional e paciente. Sem dúvida, eticamente é reprovável um relacionamento deste tipo. Quando um paciente procura o profissional para a execução de determinado tratamento de saúde, espera-se que esta relação fique somente na prestação do serviço, mas o que vemos na prática é profissionais e pacientes se relacionando sentimentalmente e alguns até se casando. Isto se deve tanto a proximidade dos dois naquele momento quanto às armadilhas do amor. Não escolhemos a quem vamos amar, gostar ou ter tesão. Simplesmente acontece e ponto final. Contudo, há limites que devemos respeitar:
1. Deve-se delimitar claramente o que é relacionamento profissional e sentimental. Tratamento é uma coisa, namoro é outra.
2. O ambiente profissional não é o lugar apropriado para relacionamento sentimental. Se “pintou clima” vá para um lugar apropriado para este fim. Um professor já dizia que “em lugar que se ganha o pão não se come a carne”.
3. O profissional tem que ter certeza de que há uma correspondência de sentimento. Aproveitar-se da fragilidade do paciente é reprovável.
4. O paciente não pode “forçar a barra” para relacionar-se com o profissional. Não confunda amabilidade e gentileza com interesse sentimental.
5. Paciente e profissional comprometido não estão disponíveis. Respeite para não ter dor de cabeça.

Não se trata de criar regras para relacionamentos, mas depois de tantos anos de profissão e até ter lidado com situações acima citadas, fico na obrigação de dar essa dica para quem está começando ou para quem já está enrolado e não encontra solução.

8 comentários:

  1. Doutor,estou passando um perrengue,moro em Sp e a 1 ano faço tratamento ortodontico,e desde o 1° dia meu dentista me assedia,já tentou me beijar diversas vezes,mas eu sempre recuei,porém ,recuo porque sou noiva e ele me balança bastante,mas eu penso que ele deve ter esse tipo de comportamento com todas as pacientes,o sr. acha possível?Se o sr. estivesse na minha posição,oq faria?

    ResponderExcluir
  2. Prezada:
    Você me coloca numa "sinuca de bico" ao pedir para expressar minha opinião a respeito do seu caso, mas vou tentar...
    Primeiramente é uma atitude totalmente reprovável assediar uma cliente dessa forma, sendo inclusive passível de sanção penal.
    Certamente deve ter o mesmo comportamento com outras pacientes. Às vezes nos sentimos atraídos por uma cliente, mas a abordagem deve ser discreta e fora do contexto do consultório.
    Por outro lado você gosta desse colega além de suas habilidades profissionais. Gosta de ser cortejada, mas tem medo de ceder por ser noiva.
    Tenho quase 50 anos e minha experiência de vida mostrou-me que mulheres noivas têm uma tendência de dar uma "puladinha" antes de se casarem. Conheço várias que agiram dessa forma e hoje são respeitáveis esposas e mães.
    Outra coisa que descobri é que geralmente quando uma mulher pede a opinião de um homem é porque já tem a resposta...
    O que eu faria? Ser feliz!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah muleeeeeeke!!! hahahhahaha

      Excluir
  3. "Outra coisa que aprendi é que geralmente quando uma mulher pede a opinião de um homem é porque já tem a resposta..."
    Essa foi ótima, doutor! Meus parabéns, de verdade!

    ResponderExcluir
  4. Doutor, tenho namorado, mas me apaixonei pelo meu dentista. Ele é calmo, atencioso, querido, simpático, está sempre sorrindo, coisas as quais meu namorado não faz. Me apaixonei por este homem e não escolhi isso. Fico triste, pois não quero magoar meu namorado. Meu dentista não é casado e nem tem namorada. Quando eu vejo ele meu coração dispara, eu amo aquele sorriso dele, ele também é engraçado, muito amável. Encontrei, depois de pesquisar muito, o whatsapp dele, mas não tenho coragem de falar nada, ele sabe que tenho namorado. A minha vontade quando ele está perto do meu rosto é de puxar ele e beija-lo e levar ele a loucura. Sou tímida. Este homem não saí da minha cabeça, estou louca de paixão! Me ajude!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!
      Primeiramente você tem que definir seu relacionamento com esse namorado. Se não gosta mais dele é melhor terminar o relacionamento. Você não que magoar, mas está magoada por não ser tratada do modo que deseja.
      Quanto ao dentista vá com cuidado. Penso que seria interessante você declarar o que sente para saber se é correspondida. Já pensou se seu dentista é também tímido? Também esteja preparada para não ser correspondida. Não pense que simpatia é quase amor...
      boa sorte!

      Excluir
  5. Estou apaixonada pelo meu dentista, mas ele é casado e disse que ama a esposa, quero sair com ele mais ele está resistente!quando está tratando dos meus dentes percebo ele ansioso, as vezes bufando...Será que ele quer sair comigo mas está com medo? Amo ele... falei de interromper o tratamento e ele não quer que eu parei de ir lá. ..O que ele quer? Me ver sofrer?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estar apaixonada por um homem casado e que afirma isso é complicado, é andar em areia movediça. Recomendo que deixe isso de lado e procure uma pessoa disponível, pois ele, mesmo que aceite, não vai dar a quantidade de amor que você merece e quer...

      Excluir

Agradeço pelo seu comentário! Ele será respondido assim que puder...