quinta-feira, 28 de janeiro de 2010

"Paciente Puxadinho"

Não seja um paciente “puxadinho”!

Tem pessoas que vêm ao meu consultório com uma característica muito pitoresca: Elas estão em tratamento dentário permanentemente! Que coisa é essa? Já te explico. Chamo elas carinhosamente de “paciente puxadinho”. Elas se comportam semelhantemente as construções em áreas carentes. As casas estão sempre em obras. Primeiro constrói a cozinha, banheiro e a sala. A galera entra, dá um tempo, ajunta um dinheirinho e começa o puxadinho! Faz um quarto, depois outro , depois varanda e assim vai. Leva uns 20 anos pra tudo ficar pronto, mas a turma não desanima...
O “paciente puxadinho” faz uma limpeza depois some. Faz um provisório e promete ao dentista que vai fazer o tratamento definitivo logo, logo. Só tá esperando sair uma indenização, ou uma ação na justiça ou um “atrasado” da aposentadoria ou uma “grana de um negócio da China” que está prestes a ser concretizado. Aí o iludido dentista capricha no provisório e o “paciente puxadinho” some...
E quando ele aparece para colocar uma “massinha” no dente? Geralmente vem sem hora marcada e quer que o dentista faça imediatamente. Quando termina ele diz um “muito obrigado” e vai embora sem perguntar quanto custou o serviço.
E quando ele aparece para “colar” o provisório? A gente percebe que aquele provisório já foi recimentado inúmeras vezes. Não dá mais pra segurar, mas o “paciente puxadinho” acha que dá. Não entro mais nessa...

0 comentários:

Postar um comentário

Agradeço pelo seu comentário! Ele será respondido assim que puder...